Crédito recorrente
Odontologia
Campanha Março
Ed. Física
Transferência Presencial
Graduação Presencial
Graduação Pres
Crédito recorrente
Odontologia
Campanha Março
Ed. Física
Transferência Presencial
Graduação Presencial
Graduação Pres
previous arrow
next arrow


técnicas de estudo

Que estudante, em algum momento da sua vida acadêmica, não precisou ou quis utilizar técnicas de estudo para melhorar sua performance?

Certamente, a maioria. E quem utiliza essas técnicas com certeza obtém melhores resultados.

Muitos estudos também mostram que as técnicas, em qualquer área, ajudam os indivíduos a alcançarem, de forma mais assertiva, os objetivos.

Sabemos que nem todos os indivíduos aprendem da mesma forma e nem todas as técnicas funcionam para todos.

Diante disso, no mínimo, vale dar uma lida nessas dicas pensando como é possível utilizá-las na sua vida acadêmica.

O mapa mental é um diagrama no qual são colocadas ideias sobre um assunto partindo da ideia central e abrindo como se fossem pequenas outras caixas de ideias.

Funciona como uma ferramenta de gestão de informações, na qual são selecionadas as principais ideias de forma visual.

A aprendizagem ativa é um processo amplo, que envolve mais do que só uma técnica de estudo, porém, pensando na ideia do protagonismo sobre a aprendizagem, pode ser utilizada como técnica.

Uma das mais indicadas é a de ensinar o que aprendeu e isso não precisa ser necessariamente para outra pessoa. É possível gravar um vídeo, falar na frente do espelho, entre outras possibilidades.

De forma simples, o Método Pomodoro é uma técnica de gerenciamento de tempo em que são estabelecidos pequenos tempos de 25 minutos, com pausas de 5.

O método é visto pelos especialistas como uma boa forma de estabelecer foco e melhorar produtividade.

É uma técnica de memorização. Importante, obviamente, ressaltar que o foco de um bom estudo com resultados não deve ser pautado somente na memorização. Porém, ela pode ser eficiente em casos em que é preciso reter muitas informações em pouco tempo, ou detalhes, para quem tem dificuldade de memorização, por exemplo.

É uma técnica antiga, que consiste em usar técnicas de suporte à memorização como esquemas, gráficos e símbolos.

Os especialistas indicam que, além de buscar técnicas de estudos, os estudantes precisam estar atentos à sua qualidade de sono, assim como ao tempo de descanso, que são fundamentais na retenção do conhecimento.

Como já dissemos, é preciso, antes de entender quais técnicas funcionam para você, descobrir qual ou quais as suas formas de aprendizado.

Testar as diferentes técnicas pode ser um caminho interessante para quem não tem muita certeza sobre como aprende, e mesmo quem tem pode acabar descobrindo uma nova forma que traga até melhores resultados.

Escolha as técnicas e comece hoje mesmo a buscar os seus melhores resultados nos estudos.

Tem alguma outra técnica de estudo que você utiliza e não está nessa lista? Escreva aí nos comentários e continue acompanhando o Blog UniDomBosco e as redes sociais.

 

 

 

última atualização em: 15 de fevereiro de 2022