Graduação EAD
Mega vestibular
Prorrogação de Matrícula EAD
Crédito recorrente
Campanha Março
Ed. Física
Graduação EAD
Mega vestibular
Enfermagem presencial
Crédito recorrente
Campanha Março
Pós EAD
previous arrow
next arrow


organização-financeira

Uma boa organização financeira é essencial em todas as etapas da vida e deveria ser ensinada nas escolas.

Mas vamos falar sobre a organização financeira durante a graduação, em que normalmente os alunos dependem dos pais ou de uma pequena remuneração de estágio remunerado ou outros tipos de trabalho.

E, apesar de uma graduação ser um investimento que, de acordo com pesquisas, tem um retorno em pouco tempo, quando é feita traz para muitos um aumento de custo de vida importante.

Com isso, ter uma boa organização financeira é mais do que essencial.

Como montar uma organização financeira?

Primeiro passo e essencial. Quando se coloca, seja no papel ou em uma planilha, suas receitas e suas despesas, fica claro quanto de dinheiro entra no mês e quanto sai. E somente após isso é que é possível saber como organizar a vida financeira.

Após saber qual é a sua situação financeira, é hora de planejar. Planeje quanto será gasto com os custos fixos como mensalidade, aluguel, luz, transporte e outros. Após isso, avalie quanto poderá ser gasto com os custos variáveis como alimentação, saúde etc.

Mesmo que suas contas te mostrem que sobra dinheiro ao final de cada mês, é importante avaliar se existe a possibilidade de reduzir gastos.

Essas reduções podem fazer muita diferença na sua vida.

Emergências são, como o próprio nome diz, momentos que não se preveem e, por isso, ter uma reserva é mais do que necessário.

O ideal é que, quando se faz o planejamento dos gastos, a reserva de emergência já seja colocada e esse valor seja separado e, de preferência, em algum tipo de investimento que traga alguma rentabilidade, porém que seja possível retirar a qualquer momento.

Pesquisar antes de comprar, além de fazer com que se encontre o menor valor e com isso gere economia, ajuda também a não se fazer compras por impulso.

As compras por impulso são capazes de estragar uma organização financeira.

Após fazer o planejamento, havendo sobra de dinheiro, invista esse valor ao invés de deixar “debaixo do colchão”. Hoje a informação sobre investimentos é muito difundida e é simples entender e encontrar bons caminhos nesse quesito.

Se, ao final do planejamento, não tiver sobra ou estiver faltando dinheiro, é preciso buscar uma renda extra.

Várias são as opções e a renda extra poderá ajudar bastante a resolver essa situação de desequilíbrio.

Essas dicas para muitos podem parecer simples, e de fato são, porém num país como o Brasil, onde não existe Educação financeira e o número de endividados cresce a cada ano, o simples é certamente melhor do que nada.

Portanto, se você ainda não tem uma boa organização financeira, comece do simples, mas comece hoje mesmo.

Sua vida futura te agradecerá.

Acompanhe o Blog UniDomBosco e as redes sociais para estar sempre atento às novidades.

 

 

última atualização em: 22 de março de 2022