dia-mundial-da-saude

Dia 10 de outubro é o Dia Mundial da Saúde Mental e nunca se falou tanto sobre o tema como nos últimos anos.

E isso é essencial, pois a conscientização e a elucidação sobre o tema é um dos principais caminhos para mudar a forma de agir e pensar sobre ele.

Em 2022, a OMS divulgou a maior revisão mundial sobre saúde mental desde a virada do século.

Em 2019, quase um bilhão de pessoas – incluindo 14% dos adolescentes do mundo – viviam com um transtorno mental. O suicídio foi responsável por mais de uma em cada 100 mortes e 58% dos suicídios ocorreram antes dos 50 anos de idade. Os transtornos mentais são a principal causa de incapacidade, causando um em cada seis anos vividos com incapacidade. Pessoas com condições graves de saúde mental morrem em média 10 a 20 anos mais cedo do que a população em geral, principalmente devido a doenças físicas evitáveis. O abuso sexual infantil e o abuso por intimidação são importantes causas da depressão. Desigualdades sociais e econômicas, emergências de saúde pública, guerra e crise climática estão entre as ameaças estruturais globais à saúde mental. A depressão e a ansiedade aumentaram mais de 25% apenas no primeiro ano da pandemia.

Os números são de fato alarmantes e deveriam, por si só, trazer a consciência da população sobre o tema. Porém, a saúde mental ainda é estigmatizada e colocada em segundo plano na maior parte dos países.

O plano de ação integral de saúde mental 2013/, assinado por todos os países integrantes da OMS, tem sido colocado em ação, porém não tão acelerado como deveria e somente a ampla conscientização pode transformar essa situação.

O que é saúde mental?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), saúde mental é um estado de bem-estar no qual o indivíduo é capaz de usar suas próprias habilidades, recuperar-se do estresse rotineiro, ser produtivo e contribuir com a sua comunidade. A saúde mental implica muito mais que a ausência de doenças mentais. 

Essa definição mostra o quão ampla é a saúde mental e o quanto ela é parte essencial da vida de todos os seres humanos. Ela desmistifica que saúde mental tem relação somente com as doenças mentais e mostra a sua importância. O bem-estar, a qualidade de vida, a produtividade, são elos importantes de uma saúde mental de qualidade e cuidar deles deve fazer parte do dia a dia de cada um e, também, das políticas públicas de saúde.

A pandemia mostrou, entre muitas coisas, a importância da saúde mental e dos cuidados com ela.

Que neste ano de 2022, neste dia 10 de outubro, o olhar seja sobre este tema, mas que, principalmente, em todos os dias, em todos os espaços, ele possa ser debatido e conversado, fazendo com que, a cada ano que passe, esses números que citamos anteriormente se modifiquem.

É um dever pessoal e coletivo colocar a saúde mental como bandeira.

Divulgue nos comentários ações do Dia Mundial da Saúde Mental que achou interessante e continue acompanhando o blog do UniDomBosco.

última atualização em: 5 de outubro de 2022