Home Noticia Projeto Dom Olímpico cria raízes



Projeto Dom Olímpico cria raízes



Athos Schwantes, 1° no ranking Brasileiro de Esgrima é, novamente, aluno UniDombosco.

Feliz em voltar ao Centro Universitário UniDomBosco, o esgrimista curitibano, Athos Schwantes, conta um pouco de sua carreira no esporte.

O ano letivo começou com uma grata surpresa para o Centro Universitário UniDombosco. O esgrimista Athos Schwantes, número 1 do Ranking Brasileiro Adulto de Esgrima, retornou a nossa casa para dar sequência aos estudos, no curso de Bacharelado em Educação Física. “Estou ainda mais entusiasmado com o fato de fazer parte desse novo momento do Centro Universitário UniDomBosco, afinal com essa formação de alto nível, tenho certeza que estarei pronto para superar todos os desafios e contribuir para a Educação Física e o esporte da nossa cidade!”, diz o esportista.

O entusiasmo reflete uma parceria de longa data. “Estive na Faculdade Dom Bosco entre os anos 2004 e 2010, durante todo esse período foram várias conquistas na esgrima e tantas outras na área acadêmica! Entrei no então recém-criado Projeto Dom Olímpico e tive o privilégio de receber uma bolsa de estudos, na mesma época de outros atletas olímpicos como a Daiane dos Santos e Mosiah Rodrigues”, explica o atleta. “Representando a Faculdade Dom Bosco, conquistei importantes resultados como o terceiro e o quarto título de campeão PanAmericano da minha carreira, outros três títulos de Campeão Brasileiro e muitas representações na seleção brasileira, além dos Jogos Olímpicos Universitários, principal evento esportivo universitário do mundo”, complementa. Em 2012 Athos Schwantes tornou-se o primeiro paranaense a disputar os Jogos Olímpicos na Esgrima e, quatro anos mais tarde, conquistou o melhor resultado da Espada Masculina do Brasil naquela edição dos Jogos Olímpicos, em casa, no Rio 2016. “Foram nos Jogos Olímpicos do Rio que tive algumas das experiências mais incríveis da minha vida!”, conta o esgrimista.

Depois de fazer história ao lado do Centro Universitário UniDomBosco, o esportista já foi convidado por projetos como o Conselho Regional de Psicologia, o Programa Escolha Certa, do Bernardinho, Renault, Cirque du Solei, além da própria instituição para inspirar os jovens com sua trajetória pessoal e profissional. Como primeiro do ranking nacional, o curitibano já tem grandes eventos pela frente, em abril irá disputar a primeira etapa do Circuito Brasileiro, em São Paulo, e no mês de maio irá compor a Seleção Brasileira nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, na Bolívia. Este evento acontece a cada quatro anos, considerado as Olimpíadas da América do Sul, reúne todos os esportes Olímpicos e tem grande importância para o Comitê Olímpico do Brasil.