linkedin learning

Com toda certeza você já ouviu falar do Linkedin e, aliás, se ainda não tem um perfil nessa rede social, deveria fazer hoje mesmo. Mas você já ouviu falar sobre o Linkedin Learning?

Vamos começar falando sobre porque você, profissional ou estudante, deveria fazer um perfil no Linkedin. O primeiro motivo é o networking. Uma rede social focada na área profissional é, com certeza, um grande espaço de conexões.

Mas se não fosse só por isso, o que já é bastante coisa, pois networking é essencial, o Linkedin ainda traz um espaço de notícias bem interessante. Além da notícia escrita pela equipe da rede, aparecem posts relacionados ao tema.

E o último motivo, e não menos importante, são as vagas de empregos que também aparecem relacionadas ao seu perfil.

Agora, você já fez o seu perfil certo? E vamos, então, falar sobre o Linkedin Learning.

Afinal, o que é o Linkedin Learning?

Ele nada mais é do que uma plataforma de treinamentos do Linkedin. E nada combina mais com uma rede social profissional do que uma plataforma que oferece capacitação para os usuários.

Vivemos num momento no qual o mercado de trabalho é cada vez mais concorrido e uma das formas de se diferenciar é pelo conhecimento.

Duas são as formas de acesso à plataforma. Uma é pelo próprio cadastro pessoal do Linkedin. Ou você tem a versão premium da própria rede ou faz uma assinatura da plataforma.

Outra forma é pelo acesso fornecido pela empresa/ensino superior/governo. Nesse caso, as instituições disponibilizam alguns tipos de treinamentos para seus colaboradores, usando a ferramenta como meio. Uma opção bem interessante.

A plataforma é bastante intuitiva e, se você acessa pelo seu perfil na rede, pode fazer uso de um mês gratuito para conhecer melhor.

São três as principais categorias de conteúdos:

Eles são apresentados em formatos de: cursos com duração variada e diferentes níveis de dificuldades; vídeos, normalmente de curta duração e gratuitos e rotas de aprendizagem, que são, como o nome já diz, uma sequência de cursos que fazem parte de um tema mais abrangente e que, juntos, se conectam e completam uma formação.

É possível fazer a pesquisa de conteúdos por competências, assuntos ou softwares, ou seguir as recomendações personalizadas com base no seu perfil.

O acesso pode ser feito tanto pelo computador, quanto pelo celular, com a opção de acessar os conteúdos de forma offline.

Outro diferencial é que a plataforma oferece exercícios e testes, além de certificações ao final do curso.

De acordo com a plataforma, são mais de 16 mil conteúdos disponíveis.

Já conhecia o Linkedin Learning? Conte nos comentários o que acha dessa plataforma e continue acompanhando o blog e as redes sociais do UniDomBsco para se manter sempre atualizado.

última atualização em: 21 de setembro de 2022