quais-as-areas-deatuacao-de-um-profissional-deradiologia

O mercado está bastante aquecido para o profissional de Radiologia, assim como para todas as profissões na área da saúde

Essa é uma das carreiras que mais crescem no país, devido à grande procura de profissionais pelo mercado, pelos bons salários e pela flexibilidade na jornada de trabalho. 

De acordo com as pesquisas, durante a pandemia a procura por esse tipo de profissional cresceu mais de 700%. As pesquisas mostram também que a busca por esses profissionais fora da área da saúde também tem aumentado significativamente. A média salarial é de R$ 4500,00 para uma jornada de trabalho de, normalmente, 24 horas/semanais. A variação salarial depende da região, da área de atuação e da carga horária. 

Devido a tudo isso, a procura pelos cursos de Radiologia tem crescido bastante. 

Mas, afinal, quais as áreas de atuação de um profissional de Radiologia? 

As áreas de atuação para esse tipo de profissional têm se tornado cada vez mais amplas e entre elas podemos citar: 

É a principal e mais conhecida área de atuação. 

O profissional atua principalmente em hospitais e clínicas e é responsável pela execução dos exames. 

Ortopedia e traumatologia são as áreas que mais utilizam raio x. 

Nem todas as partes do corpo são visualizadas da melhor forma na radiologia tradicional. Os tecidos moles, como o cérebro, são um exemplo. 

A tomografia computadorizada supre essa necessidade e é uma técnica não-invasiva, que permite boa visualização num exame rápido. 

O profissional da radiologia é o responsável pela execução desse exame, que é a principal “arma” contra o câncer de mama. 

O exame auxilia na identificação de tumores e lesões nas mamas. 

A técnica de radiação ionizante utilizada na densitometria óssea exige muita precisão por parte do profissional que realiza o exame e isso é um grande diferencial. 

É um exame que determina a quantidade de massa óssea e observa sua deterioração. 

É uma metodologia de diagnósticos de alta precisão e os exames são utilizados principalmente na neurorradiologia. 

Para diagnosticar alterações funcionais nos tecidos, a medicina nuclear incorpora baixas quantidades de materiais radioativos no organismo. 

Para esse procedimento existem regras bem rígidas e é realizado por uma equipe multidisciplinar. 

É uma das áreas com maior crescimento de demanda atualmente, principalmente em portos e empresas de transportes de produtos. 

O profissional é responsável pela execução da inspeção de cargas e dos conteúdos transportados. 

São os exames realizados intra e extrabucais, como: panorâmica, ATMs, telerradiografias. 

São os exames realizados em animais para colaborar com os diagnósticos médicos. 

O profissional da Radiologia, ao dar continuidade nos estudos após a graduação, pode atuar tanto em pesquisa quanto em docência, dependendo de sua escolha. 

Para maiores informações sobre a profissão, acesse

Como visto, a atuação desse profissional não ocorre somente em clínicas e hospitais, como imaginam a maioria, mas também em outras áreas, até bem distintas, como as indústrias. Essa atuação diferenciada tem atraído muitos estudantes para o curso. 

Quer saber mais sobre a graduação em Tecnologia de Radiologia? 

O UniDomBosco oferece o curso de graduação tecnólogo em Tecnologia de Radiologia, na modalidade EAD, com duração de 3 anos. 

A Graduação em Tecnologia de Radiologia do Centro Universitário UniDomBosco foi elaborada para você atuar nessa área tão logo conclua sua faculdade. Ela foi estruturada pleiteando todas as áreas que o profissional da Radiologia precisa dominar para ingressar no mercado de trabalho. O objetivo do curso é formar profissionais capazes de entender as propriedades da radiação, aplicar técnicas radiológicas, radioterápicas e radioisotópicas. 

O curso foi organizado de forma a contemplar todas as áreas que o profissional de Radiologia precisa aprender para ingressar, com qualidade, no mercado de trabalho e em menor tempo possível. 

A principais disciplinas do curso são: Metodologia Científica Aplicada à Saúde; Fundamentos Quantitativos para a Ciência da Saúde; Física Básica; Biossegurança; Língua Portuguesa; Eletiva; Física Radiológica; Conhecimentos Gerais e Atualidades na Radiologia; Patologia Radiológica Geral; Fisiologia Geral; Princípios de Imagens em Ultrassonografia; Medicina Nuclear; Proteção Radiológica; Anatomofisiologia Radiológica; Psicologia do Relacionamento Humano; Procedimentos de Enfermagem; Hemodinâmica; Legislação e Ética Profissional; Densitometria Óssea. Informática médica; Exames Radiológicos Contrastados; Radiologia Convencional; Cartas Técnicas; Radiologia Veterinária; Ressonância Magnética; Radiologia Industrial; Gestão em Saúde; Radiologia Odontológica; Estágio Supervisionado em Técnicas Radiológicas; Tomografia Computadorizada; Radioterapia; Radiologia Forense; Primeiros Socorros; Mamografia; Controle de Qualidade em Diagnóstico por Imagem. 

Para maiores informações sobre o curso, acesse o site

Qual a diferença entre um curso técnico em Radiologia e a graduação em Tecnologia da Radiologia? 

Inicialmente, vamos explicar que curso técnico, seja qual for, é um curso de nível médio, ou seja, o estudante o realiza durante os anos do Ensino Médio, saindo dele com uma formação nesta área, porém restrita em alguns aspectos. 

Um curso de graduação tecnólogo, como é o curso de Tecnologia da Radiologia, é um curso de nível superior. O estudante, para cursá-lo, precisa ter concluído o Ensino Médio e traz os benefícios que um curso superior traz para o currículo e a atuação profissional. 

Na atuação prática do radiologista, a diferença principal, entre os que possuem a formação em nível técnico dos que fazem a graduação, é que os graduados, por possuírem uma formação mais completa e complexa, são os responsáveis pelas equipes e pela execução dos laudos. 

A média salarial trazida no início do artigo se refere ao profissional graduado. Pelo curso técnico ser um curso de nível médio, muitos estudantes ao finalizarem, e já atuando no mercado de trabalho, iniciam o curso de graduação. Com isso, amplia-se a formação e a atuação em uma carreira que, como já dito, tem uma alta procura no mercado de trabalho. 

Por ser uma área com várias especialidades, é bastante comum também que o graduado em Radiologia busque uma especialização na sua área de preferência. 

Os salários tendem a aumentar, principalmente, por exemplo, nos cargos públicos, quando o profissional se especializa. Além do fato de conseguir melhores vagas nas empresas particulares. 

Continue acompanhando o Blog UniDomBosco e fique por dentro das novidades sobre o mercado de trabalho. 

  

 

 

última atualização em: 3 de novembro de 2022