efetivação-no-estágio

Quem não gostaria de uma efetivação no estágio? Aqueles, obviamente, que fazem estágios em locais onde de fato aprendem e sentem que podem contribuir mais, além de iniciar uma carreira profissional de qualidade, certamente gostariam.

Essa é a realidade de grande parte dos estagiários que, ao verem seus estágios finalizando, gostaria muito de algumas dicas para conseguir a sonhada efetivação.

Primeiro, é preciso pensar que não é somente quando o estágio está terminando que se deve pensar nisso e também deixar claro que essa não é uma ciência exata. Que, em muitos casos, as empresas de fato não fazem a efetivação devido à sua estrutura ou outros motivos. Porém, é possível, sim, tomar algumas atitudes para aumentar a chance dessa efetivação, caso ela possa ocorrer.

É importante ressaltar que essas dicas servem não só para buscar uma efetivação, como também, e principalmente, para aproveitar o estágio da melhor forma e apresentar o melhor resultado possível como profissional, pois o objetivo principal do estágio é o aprendizado e as boas referências. Referências, aliás, que são essenciais no mercado de trabalho.

Pode ser que você não seja efetivado nessa empresa, neste momento, mas que você possa ser indicado por eles para uma outra empresa ou, até mesmo, depois de um tempo, quando uma vaga surgir, eles entrarem em contato com você.

Nesse caso do estágio, o ditado “a primeira impressão é a que fica” é muito exata.

Portanto, preste atenção nessas dicas

Não é porque você é estagiário e está em fase de aprendizado que não pode ter iniciativa.

Tenha iniciativa, porém não seja inadequado. Mostre que está sempre disposto e atento, mas não se transforme no famoso “puxa saco”

Demonstrar interesse também não é ficar fazendo perguntas a todo momento e nem parecendo inconveniente.

É possível demonstrar interesse de diferentes formas e isso é muito importante para quem quer aprender.

A pontualidade demonstra compromisso. Quando o estagiário cumpre com suas obrigações, inclusive de horários, da melhor forma, ele demonstra para a empresa que ele está pronto para ser um profissional.

Essa dica, talvez para muitos, possa parecer desnecessária. Porém é muito importante, desde sempre, ter atitudes éticas no mercado de trabalho. Muitas situações acontecem que fazem com que a ética dos profissionais seja colocada à prova. Quanto antes o entendimento da importância disso ocorrer, melhor profissional você se tornará.

Essa dica é muito importante. Muitos estagiários acham que devem aprender e prestar atenção somente naquelas pessoas que são os seus mentores ou profissionais encarregados pela sua formação.

Mas a grande verdade é que no mercado profissional é possível aprender com todos os envolvidos, independente de cargo ou tempo de atuação.

Atenção pode ser considerada a grande aliada de todo bom profissional. Aquele profissional que está sempre atento aos outros, às demandas, além de se diferenciar, consegue obter melhores resultados.

Flexibilidade não é sinônimo de fazer tudo que as pessoas querem, do jeito que as pessoas querem, mas, sim, saber quando e como ser maleável.

Todo bom profissional tem a medida exata da flexibilidade.

Resultados são essenciais no mercado de trabalho, portanto você, como estagiário, precisa gerar resultados para a empresa onde você está fazendo o estágio, mesmo que não faça parte das suas atribuições

Lembre-se que você, além do aprendizado, tem interesse em ser efetivado. Não dá para ficar só como um ser passivo.

Como já dissemos, bons relacionamentos são essenciais no mercado de trabalho e podem “abrir portas”. O chamado networking faz uma grande diferença em muitas carreiras. Aprenda, desde sempre, a criar e manter bons relacionamentos em todos os locais por onde você passa como profissional e, também, na vida pessoal.

Gostou das dicas? Qual delas para você é a mais importante? Escreva nos comentários e continue acompanhando o blog e as redes sociais do UniDomBosco.

 

última atualização em: 28 de setembro de 2022