Crédito recorrente
Odontologia
Campanha Março
Ed. Física
Transferência Presencial
Graduação Presencial
Graduação Pres
Crédito recorrente
Odontologia
Campanha Março
Ed. Física
Transferência Presencial
Graduação Presencial
Graduação Pres
previous arrow
next arrow


ansiedade

Insegurança é um sentimento de mal-estar geral ou nervosismo que pode ser desencadeado pela percepção de si mesmo ser vulnerável de alguma forma, ou um senso de incapacidade ou instabilidade que ameaça a própria autoimagem ou ego.

É um sentimento que normalmente a maioria das pessoas vivencia em determinados momentos e situações, pelo menos uma única vez na vida. Porém, quando a insegurança se torna mais do que um sentimento em determinada situação, é preciso entender e, de alguma forma, aprender a lidar melhor com ela.

Pessoas inseguras dentro do ambiente de aprendizagem, por exemplo, perdem muitas oportunidades de interação, de questionamentos, entre outros. Assim como no mercado de trabalho, em que muitas chances de melhoria de carreira ou de fechamento de contratos são perdidas devido à insegurança.

Quando a insegurança chega ao nível de paralisar, prejudicar o desempenho pessoal, seja em qualquer área da vida, é preciso buscar um profissional como um psicólogo para ter a ajuda necessária.

As dicas que vamos dar são para aqueles que apresentam sinais de insegurança em determinadas situações corriqueiras e algumas mudanças que podem trazer bons resultados.

O autoconhecimento é essencial e não somente quando falamos de insegurança. Quando sabemos quais são os pontos fortes e fracos da nossa personalidade, é muito mais fácil aprender a lidar com eles e melhorá-los.

Quem se conhece sabe quais situações podem trazer insegurança e, diante delas, age de forma com que ela não seja um impeditivo.

É essencial entender que não existe problema em ter insegurança diante de certas situações, porém ela não pode impedir a pessoa de agir.

O perfeccionismo pode ser uma característica da insegurança. A pessoa tem tanto receio de se expor que só o faz quando está perfeito, o que na maioria das vezes não ocorre e gera frustração e mais insegurança.

Não é que não se deva fazer o melhor, mas fazer o melhor e da melhor forma muitas vezes não é o perfeito. O foco deve ser o de trabalhar nas melhorias para alcançar sempre o melhor. E aprender a lidar com a imperfeição própria, e a dos outros, é importante não somente quando falamos sobre insegurança.

A comparação é um dos gatilhos da insegurança. Quando o pensamento é o do processo individual, das conquistas e do passo a passo que cada um tem para alcançar seus objetivos, a comparação deixa de existir e, por consequência, a insegurança relacionada a ela, também.

Essa é uma dica essencial. Não é porque se sabe que a insegurança é algo que precisa ser trabalhado, que isso vai acontecer de uma hora pra outra e ela sumir. O entendimento é o primeiro passo de vários a serem dados nesse processo de lidar melhor com a insegurança.

Que cada passo seja dado no tempo certo e, assim, os resultados aparecem. Toda e qualquer coisa feita de forma a pular degraus tende a não ser consolidada de forma precisa.

Agora, conte nos comentários outras dicas que podem ajudar a lidar com a insegurança.

E para se manter sempre atualizado, continue acompanhando o blog e as redes sociais do UniDomBosco.

última atualização em: 3 de maio de 2022