férias-produtivas

O momento das férias para os estudantes é muito esperado, porém para aqueles que estudam e trabalham pode parecer difícil ter férias produtivas.

E, com férias produtivas, queremos dizer férias sendo aproveitadas da melhor forma, independente se você decidiu usar o tempo para colocar os estudos em ordem, para descansar totalmente ou para fazer um pouco de cada coisa.

O que são férias produtivas para um podem não ser para outro, mas o importante é saber o que se deseja nestes momentos e traçar planos para cumprir.

Vamos falar, primeiro, com os que terão férias dos estudos, mas não do trabalho, e para quem pensa que tudo está perdido e que não dá para aproveitar. Isso não é uma verdade.

Com organização, tudo dá certo.

Não importa se você quer usar esse tempo para descansar, passear ou colocar os estudos em ordem, o primeiro passo é definir o que você quer. Depois disso, observe na sua agenda diária quantas horas a graduação/pós-graduação e os estudos ocupam deste tempo. Pronto, esse é o tempo que você tem nas férias, diariamente, para fazer qualquer outra coisa que queira.

A dica de ouro é se organizar antecipadamente para usar esse tempo da melhor forma. Assim como você sai do trabalho e vai se arrumar para assistir à aula (seja presencial ou online), faça isso para cumprir sua programação de férias. Se não tiver agendado, possivelmente o trabalho te tomará mais tempo ou aquele cochilo no sofá será maior que o programado.

Se você decidiu que irá usar o tempo para passear, vale conferir a agenda cultural da sua cidade, por exemplo, e fazer passeios que muitos acabam não fazendo por serem moradores e pela falta de tempo, mas que valem muito a pena. A maioria das cidades possui museus ou casas de cultura, alguns pontos turísticos e, nas férias escolares, também é comum ter uma programação especial em alguns locais. Uma pesquisa rápida no Google e sua programação pode ser muito mais interessante do que imagina.

Agora, se você conseguiu conciliar as férias dos estudos com a do trabalho, a programação pode ser feita com antecedência e, mesmo que não seja viável ou não queira fazer uma viagem longa ou para longe, é possível aproveitar tanto para descanso quanto para colocar pendências em ordem.

Aliás, uma boa dica para os que conseguem uma folga em dias de semana, e no horário comercial, é fazer um planejamento para marcar consultas médicas, idas a bancos ou cartórios, ou outros locais para resolver assuntos que, no dia a dia, não há tempo.

Ter um planejamento é essencial para quem quer ter férias produtivas e, diferente do que muitos pensam, ter essa organização não faz com que as coisas fiquem chatas ou não se tenha espontaneidade, pelo contrário. Dessa forma é possível visualizar todo o tempo que se tem, inclusive para não fazer nada.

E o não fazer nada também é importante durante as férias. Deixar a cabeça e o corpo descansarem é muito importante para que, quando elas acabarem, o novo semestre comece revigorado.

Permita-se descansar, ter momentos de pernas para o ar ouvindo uma música, o som da natureza ou seus próprios pensamentos.

Como dissemos, férias produtivas não são, necessariamente, cheias de coisas para fazer, mas são, principalmente, momentos nos quais você recarrega as baterias, reorganiza a vida para que, quando elas acabarem, “as pilhas” estejam novas e a volta aos estudos possa ser também produtiva.

Agora, conte nos comentários como serão suas férias produtivas e, se você gosta de cinema, leia este artigo e veja qual dessas estreias vai fazer parte da sua programação.

https://www.unidombosco.edu.br/blog/dicas-de-estreias-no-cinema-para-curtir-nas-ferias/

E para se manter sempre atualizado, acompanhe sempre o blog e as redes sociais do UniDomBoco.

última atualização em: 29 de junho de 2022