Mega vestibular
Prorrogação de Matrícula
Prorrogação de Matrícula EAD
Crédito recorrente
Campanha Março
Ed. Física
Mega vestibular
Graduação EAD 80% off
Enfermagem presencial
Crédito recorrente
Campanha Março
Pós EAD
previous arrow
next arrow


caridade

19 de julho é comemorado, no Brasil, o Dia da Caridade.

Mas, primeiramente, o que é caridade?

A Caridade é a doação voluntária de ajuda aos necessitados, como um ato humanitário.

Ou seja, caridade é fazer algo por alguém, sem ser coagido a isso e que esse alguém esteja precisando de fato desse algo.

A caridade, em um país cheio de diferenças, principalmente financeiras e estruturais como o nosso, ainda é algo muito importante.

Não vamos aqui neste artigo entrar em discussões válidas sobre diferença entre “dar o peixe e ensinar a pescar”, mas sim sobre a importância do Dia da Caridade e ações que fazem diferença na vida de muitas pessoas. Dos que doam e dos que recebem essas doações.

Esse dia foi instituído no Brasil pela LEI No 5.063, DE 4 DE JULHO DE 1966. Em âmbito mundial, o Dia Internacional da Caridade é comemorado no dia 5 de setembro. Data criada pela ONU, em 2012, e escolhida por ser a data de morte da Madre Teresa de Calcutá.

Anjezë Gonxhe Bojaxhiu M.C. (Skopje, 26 de agosto de 1910 — Calcutá, 5 de setembro de 1997), conhecida como Madre Teresa de Calcutá ou Santa Teresa de Calcutá, foi uma religiosa católica de etnia albanesa naturalizada indiana, fundadora da congregação das Missionárias da Caridade, cujo carisma é o serviço aos mais pobres dos pobres, por meio da vivência do Evangelho de Jesus Cristo. Madre Teresa teve o seu trabalho reconhecido ao longo da vida por instituições dentro e fora da Índia, recebendo o Prêmio Nobel da Paz em 1979. É considerada por alguns como a missionária do século XX.

A caridade é abordada por todos por todos os tipos de religiões e crenças, tornando-se assim um tema agregador. É comum, inclusive, que grandes ações em prol da caridade sejam apoiadas por diferentes tipos de instituições.

Muitas ações costumam ser propostas pelas mais diferentes instituições e pessoas físicas para celebrar de forma ativa este dia. Os mais comuns são visitas a locais como asilos, orfanatos, porém o principal objetivo deste dia é fazer com que ele seja mais do que um dia e mais do que uma reflexão.

O objetivo é conscientizar e estimular a sociedade diante das ações de caridade. Ações diárias, coletivas e individuais. Ações que todos podem realizar e que refletem na vida pessoal de cada um e, principalmente, na coletividade.

…o voluntariado e a filantropia criam “um vínculo social verdadeiro e contribuem para sociedades mais inclusivas e resilientes”. 

Desde sempre, nos núcleos familiares e sociais, as crianças devem compreender esses temas- caridade/voluntariado/filantropia como importantes e necessários. Somente assim se constrói uma sociedade mais justa e com maiores oportunidades para todos.

O UniDomBosco acredita no poder das ações sociais e desde 2005 tem o projeto Ação Cidadão.

E se você gostaria de atuar profissionalmente com causas sociais, o curso de Serviço Social talvez seja uma boa opção.

Que neste dia da caridade, e não só nele, estejamos prontos para atuar pessoal e profissionalmente, visando o bem coletivo e a busca por uma sociedade e mundo mais justos e fraternos.

 

última atualização em: 11 de julho de 2022