Como a Biomedicina tem colaborado com o mundo

Nunca se falou e se ouviu tanto falar em Biomedicina quanto atualmente.

Porém, grande parte da população e também os estudantes não sabem muito bem o que estuda essa área da saúde.

Vamos falar um pouco sobre o que estuda a Biomedicina e como ela tem colaborado com o mundo, não só nesse momento pandêmico.

O que é a Biomedicina?

De acordo com a Wikipédia, Biomedicina é uma área que atua no campo de interface entre biologia e saúde humana, voltada para a pesquisa e análise das doenças humanas com o objetivo de compreender as causas, efeitos, fatores ambientais e epidemiológicos e assim desenvolver e/ou aprimorar diagnósticos e tratamentos. 

Lendo a descrição fica até mais simples entender o porquê da importância dela no momento atual em que estamos vivendo.

Os biomédicos sempre atuaram pesquisando doenças e buscando formas de combatê-las. Não seria diferente durante a pandemia de Covid-19. Porém, diante da proporção da pandemia, a atuação desses profissionais também aumentou de proporção.

No início da pandemia, pouco ou quase nada se sabia sobre o novo vírus, seu processo de disseminação, as características químicas no meio ambiente, as formas eficientes de prevenção. Todos, inclusive os biomédicos, foram pegos de surpresa.

Hoje o cenário é outro. No que pode ser considerado pouco tempo, em se tratando de estudos sobre patologias, temos informações, estudos, vacinas.

A atuação da Biomedicina tem sido o diferencial na “luta” contra esse vírus e suas muitas consequências.

Como é a graduação em Biomedicina?

No UniDomBosco, na graduação em Biomedicina, o estudante terá disciplinas relacionadas às áreas de biologia celular e molecular, fisiopatologia, microbiologia, análise ambiental, bromatologia, anatomia, bioquímica, entre outras, e tem como foco principal a análise clínica e a pesquisa científica,

Quais áreas de atuação do biomédico?

No episódio 3 do podcast DomUniversitário, o coordenador do curso de Biomedicina do UniDomBosco, Bruno Gonçalves, conversou com Janaína Naumann sobre as 31 habilitações que o biomédico pode fazer de acordo com o Conselho Federal de Biomedicina. O próprio Conselho orienta, aliás, que o exercício de uma habilitação, sem a devida regulamentação, pode gerar punições.

Vamos, com base nesse papo, falar sobre elas.

As outras serão só citadas mas, para os que quiserem maiores informações sobre elas, no site do Conselho Federal é possível obter maiores informações: citologia oncótica, bioquímica, farmacologia, fisiologia do esporte e da prática do exercício, gestão das tecnologias de saúde, hematologia, imunologia (biomédico também pode ser responsável por clínicas de vacinação), microbiologia, microbiologia dos alimentos, monitoramento neurofisiológico, paracitologia, radiologia, saúde pública, toxicologia, bioinformática, histotecnologia clínica, práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS), sanitarista, saúde pública, banco de sangue, análises ambientais, análises bromatológicas, acupuntura, auditoria, docência e pesquisa, genética e reprodução humana.

Uma nova Resolução nº 339, editada pelo CFBM, regulamenta a atividade profissional do biomédico, habilitado em Patologia Clínica, como responsável técnico de empresas que produzem e comercializam produtos para a saúde.

 A perícia criminal é uma área que apresenta bastante procura pelos profissionais. Ela não é uma área de habilitação, mas o profissional pode atuar de acordo com os editais dos concursos.

A amplitude das áreas de atuação e das habilitações mostra bem o quanto a profissão traz possibilidades ao profissional.

O estágio é um momento bastante importante durante a graduação, para ter contato com as diferentes habilitações e com isso entender afinidades, interesses e até os caminhos para não seguir.

Além de tudo isso, as pesquisas mostram que as profissões na área da saúde têm apresentado alta de procura e destaque. No caso da Biomedicina, a pandemia e as já faladas contribuições atuais da área colaboraram para a maior busca pelo curso de graduação.

Se você se interessou pela Biomedicina, entre no site UniDomBosco e saiba mais sobre o curso.

 

 

 

última atualização em: 5 de julho de 2022